quarta-feira, maio 5, 2021

Ministro da Saúde diz que Brasil vacina com eficiência sem precedentes: 'Negacionismo é querer negar o óbvio'


Levantamento do consórcio de imprensa mostra que 14,7% da população recebeu ao menos uma dose do imunizante contra a Covid até esta quinta-feira (29). Marcelo Queiroga acompanhou o desembarque do primeiro lote de vacina da Pfizer que chegou ao País no Aeroporto de Viracopos. Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fala durante entrega do primeiro lote de vacinas da Pfizer ao Brasil
Vanderlei Duarte/EPTV
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (29) que o Brasil vacina com “eficiência sem precedentes” e que “negacionismo é querer negar o óbvio”. Números do consórcio de veículos de imprensa apontam que o País aplicou ao menos uma dose de vacina contra Covid em 14,7% da população.
A declaração ocorreu durante a cerimônia que marcou a entrega do primeiro lote de um contrato para 100 milhões de doses com o governo brasileiro. O avião com 1 milhão de doses pousou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e os imunizantes serão enviados às 27 capitais entre sexta (30) e sábado (1º).
“Vamos continuar firmes para vacinar a nossa população. Nos próximos seis dias vamos distribuir 16,8 milhões de doses de vacinas. Isso equivale à população de muitos países. Portugal, Grécia, Israel… Tudo isso é possível graças a força do nosso Programa Nacional de Imunização. É uma conquista de cada um dos 220 milhões de brasileiros. E não há como negar. Negacionismo é querer negar o óbvio. Nós vacinamos nossa população com eficiência sem precedentes”, disse Queiroga.
O balanço divulgado às 20h desta quinta (29) pelo consórcio de veículos de imprensa aponta que 31.208.111 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19. O número representa 14,74% da população brasileira.
A segunda dose já foi aplicada em 15.132.178 pessoas (7,15% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.
‘Vamos deixar de fazer calor’
Em seu pronunciamento, Marcelo Queiroga defendeu que o governo federal tem “um compromisso firme de levar imunizantes seguros, eficazes e aprovados pelas autoridades sanitárias à população”, afirmou que o Brasil tem capacidade de vacinar até 2,4 milhões de pessoas por dia e recorreu a um trecho bíblico e ao slogan usado pelo presidente Jair Bolsonaro para enaltecer o programa de imunização do Ministério da Saúde.
“Nós temos 38 mil salas de vacinação e uma capacidade de vacinar até 2,4 milhões todos os dias. É isso que nós fazemos. ‘E conhecereis a verdade e a liberdade vos libertará’. Vamos conhecer a verdade, vamos acreditar no governo, vamos trabalhar juntos, vamos unir o Brasil, vamos deixar de fazer calor e trazer a luz da esperança para o povo brasileiro. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”.
Queiroga esteve acompanhado do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, e também do ministro das Comunicações, Fábio Faria.
Chegada da vacina
Avião com primeiro lote de vacina da Pfizer pousa em Viracopos
A aeronave carregada com 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech comprada pelo Brasil pousou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h22 desta quinta-feira (29).
A cerimônia para entrega do imunizante que foi alvo de recusa e polêmicas dentro do governo federal ocorreu no dia em que o Brasil atingiu 400 mil vidas perdidas para a Covid.
O voo que trouxe 1 milhão de doses saiu da Bélgica, fez escala em Miami, nos Estados Unidos, e chegou a Viracopos com um atraso de 22 minutos da previsão inicial. O esquema montado para realizar o desembarque envolveupelo menos 120 profissionais e forte esquema de segurança da Polícia Federal.
De Campinas as doses serão encaminhadas para o centro de distribuição do governo federal em Guarulhos (SP), onde serão armazenadas em câmaras frias a uma temperatura de -70ºC.
Operação de desembarque da carga com vacina da Pfizer em Viracopos
Vanderlei Duarte/EPTV
Por conta do curto espaço de tempo e das exigências de armazenamento, o Ministério da Saúde informou que irá distribuir a vacina entre as 27 capitais do país de maneira proporcional e igualitária entre sexta-feira (30) e sábado (1º).
Ministro da Saúde visita centro de distribuição em SP que vai receber 1º lote de vacinas da Pfizer
Transmissão da Covid-19 cai pela metade com apenas uma dose das vacinas da Pfizer ou Oxford, diz estudo inglês
As doses da Pfizer precisam ser armazenadas em caixas com temperaturas entre -25°C e -15°C por, no máximo, 14 dias. Ainda no ano passado, a empresa disse ter desenvolvido uma embalagem especial com temperatura controlada que utiliza gelo seco para manter a condição de armazenamento recomendada.
Ao chegarem às salas de vacinação, as doses serão mantidas a uma temperatura que varia entre 2°C e 8°C, e precisam ser aplicadas na população em um período de até cinco dias.
Caminhão que fará o transporte da vacina da Pfizer de Campinas (SP) até o centro de distribuição do governo federal em Guarulhos (SP)
Vanderlei Duarte/EPTV
Histórico
A vacina da Pfizer/BioNTech foi alvo de recusa e polêmicas dentro do governo federal. Ainda no ano passado, três ofertas formais para venda de 70 milhões de doses foram feitas pela empresa e ficaram sem resposta do Ministério da Saúde.
Também em dezembro, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, descartou a compra da vacina por causa da exigência de armazenamento em baixas temperaturas.
Que vacina é essa? Pfizer Biontech
A vacina foi a primeira a obter registro sanitário definitivo pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em fevereiro deste ano.
A atual remessa faz parte do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica em 19 de março. A previsão é que as 100 milhões de doses de vacinas sejam recebidas até o final do terceiro trimestre de 2021.
O imunizante pode ser aplicado em pessoas a partir de 16 anos de idade, em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas.
Equipes da Polícia Federal fazem a segurança no pátio em Viracopos onde a aeronave fará desembarque da vacina da Pfizer comprada pelo Brasil
Vanderlei Duarte/EPTV
Avião que trouxe o primeiro lote com a vacina da Pfizer ao Brasil pousou em Viracopos nesta quinta-feira (29)
Reprodução/EPTV
Avião com o lote de vacina da Pfizer chega ao Brasil pelo aeroporto de Viracopos
Vanderlei Duarte/EPTV
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Covid-19: Campinas abre agendamento da vacinação para maiores de 60 anos nesta quarta

Cadastro também estará disponível para trabalhadores de saúde a partir de 35 anos....

Covid: Campinas anuncia fim da fila de pacientes à espera por leitos de UTI e enfermaria

Desde que dados foram divulgados pela primeira vez, cidade registrou fila por vagas por 47 dias seguidos. Taxa...

Indaiatuba libera funcionamento do comércio até 22h na véspera do Dia das Mães

Medida é exclusiva para esta sexta (7) e sábado (8) e também se aplica a shoppings e galerias....

Vinhedo cadastra maiores de 60 anos para vacinação contra a Covid-19 e retoma aplicação de 2ª dose da CoronaVac

Cadastro deve ser feito pela internet e não garante o agendamento, já que as doses serão aplicadas conforme...

Campinas confirma mais 20 mortes por Covid-19 e totaliza 3.074; infectados são 94.291

Boletim desta quarta indica que novas vítimas são 15 homens e 5 mulheres. Levantamento indica mais 1.021 casos...
- Advertisement -