quarta-feira, março 3, 2021

Moradora de Águas de Lindóia testa positivo para nova variante da Covid após receber visitante de Manaus


Mulher de 61 anos apresentou sintomas em janeiro, manteve isolamento e, segundo a prefeitura, está bem; homem morreu depois de ser internado em UTI de Mogi Guaçu. Caso da nova variante do coronavírus que circula em Manaus é confirmada em Águas de Lindóia (SP)
Getty Images via BBC
Uma moradora de Águas de Lindóia (SP), de 61 anos, testou positivo para a nova variante da Covid-19 após hospedar, em janeiro, um visitante de Manaus (AM). Segundo a prefeitura, o homem apresentou sintomas da doença dois dias após chegar à cidade e, posteriormente, acabou transferido para a UTI de um hospital particular em Mogi Guaçu (SP), onde veio a óbito.
A mulher e a filha moram em uma residência na região central da cidade, e apenas a mãe apresentou sintomas da doença, sendo que ela está recuperada e fora do isolamento, que foi realizado por 14 dias durante o mês de janeiro.
O caso de Águas de Lindóia, segundo o secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, seria o primeiro de um morador do estado identificado pelo Instituto Adolfo Lutz.
A pasta confirmou nove casos da variante brasileira do coronavírus, sendo que seis deles foram verificados pelo Adolfo Lutz, sendo cinco de pessoas que vieram de Manaus (AM) e apenas um local – do de Águas de Lindóia. Os outros três casos positivos foram confirmados em laboratórios privados.
Paciente de Manaus
Em nota, a prefeitura de Águas de Lindoia informa que a mulher e sua filha receberam o morador de Manaus no dia 1º de janeiro de 2021, e a investigação aponta que o início dos sintomas dele ocorreu no dia 3, sendo que o homem procurou atendimento médico no Hospital São Camilo no dia 10, com queixa de febre (38º C) com duração de seis dias, tosse seca e respiração acelerada.
Ainda segundo o município, o homem, que informou no atendimento o endereço onde estava hospedado em Águas de Lindóia, destacou que fazia o uso dos medicamentos azitromicina, ivermectina e dexametasona.
Apesar dos sintomas, o paciente acabou liberado e foi orientado a manter isolamento domiciliar e a procurar o PA Covid da cidade quando completasse 10 dias de sintoma, para realização de teste rápido, o que fez no dia 14 de janeiro. Na ocasião, ele já apresentava falta de ar e queda na saturação de oxigênio, sendo internado em uma unidade de suporte respiratório.
Com a gravidade do caso, acabou transferido no dia 16 de janeiro, para uma UTI de um hospital de Mogi Guaçu (SP), onde veio a óbito. De acordo com a prefeitura de Mogi Guaçu, que não detalhou a data da morte, “não há confirmação de que o paciente tinha ou não uma variante da Covid-19”.
“A equipe do PA Covid, assim que identificou trata-se de morador de Manaus, comunicou imediatamente o caso à Vigilância Epidemiológica municipal que, por sua vez, contatou o hospital para alertar tratar-se de indivíduo possivelmente infectado com uma nova variante do vírus. A Vigilância também notificou o Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (Cievs) regional, que orientou a coleta de amostras no dia 15 de janeiro (…) com o intuito de tentar identificar a linha viral”, informa a administração.
O G1 solicitou mais informações sobre o caso à Secretaria de Estado da Saúde e o texto será atualizado assim que a resposta for enviada.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Trio é preso por porte ilegal com 12 armas sem registro em Campinas

Dois homens e uma mulher foram encaminhados para o 1º Distrito Policial da...

Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta quarta, 3 de março

Veja números de pessoas infectadas e de óbitos pela doença em cada cidade. Reprodução em 3D do modelo...

Covid-19: Campinas começa a vacinar 4 mil idosos com 77 a 79 anos

Prefeitura prevê imunização deste grupo em quatro centros de imunização até sexta, e abertura de novo local neste...

Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 3 de março de 2021

Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o...

Fase vermelha em Campinas tem início nesta quarta: veja restrições e o que pode funcionar

Medidas mais restritiva do Plano SP é válida até 16 de março, e inclui a suspensão de atendimento...
- Advertisement -