terça-feira, abril 13, 2021

Moradores enfrentam filas para retirar remédios de alto custo e marcar consultas em Campinas e Americana


Na metrópole, pessoas que foram buscar medicamentos tiveram que enfrentar aglomeração. Já em Americana, pacientes aguardaram horas para realizar agendamentos na rede de saúde. Moradores reclamam de fila grande em farmácia de alto custo de Campinas
Moradores de Campinas (SP) precisaram ter paciência para retirar medicamentos na farmácia de alto custo do bairro Ponte Preta na manhã desta sexta-feira (26). Imagens enviadas à EPTV, afiliada da TV Globo, mostram filas e aglomerações em frente à unidade.
Segundo os moradores, o motivo da fila foi um problema na plataforma de agendamento virtual “Remédio Agora”, que não estava realizando as marcações. “O aplicativo não deixa agendar, fica limitando a quantidade de vagas”, disse a dona de casa Andréia Aparecida de Moraes, que foi à farmácia para acompanhar uma familiar.
“Tentei várias vezes, desde três semanas atrás, pra marcar pelo aplicativo para vir buscar o remédio, mas eu não consigo. Simplesmente dá que não há vaga disponível. […] Olha o tamanho da fila. Você tem que ter disponibilidade para ficar aqui quatro ou cinco horas, se não mais”, contou o funcionário público Celso Dornellas.
O que diz o estado?
Em nota, a secretaria estadual de Saúde informou que não tem registros, até o momento, de queixas dos pacientes sobre o aplicativo. Além disso, alegou que, em Campinas, a farmácia conta com um funcionário que fica à disposição para auxiliar os moradores que precisam de ajuda no processo.
“A unidade fica aberta para atendimento das 7h às 19h, sendo que até as 17h é realizada a distribuição de senha, e assim, todos são atendidos”, destacou a pasta.
Pacientes enfrentam fila em farmácia de alto custo na Ponte Preta, em Campinas
Reprodução/EPTV
Filas em Americana
Já em Americana (SP), pacientes precisaram madrugar em uma fila para tentar agendar consultas em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) na Vila Mathiensen. Segundo os moradores, o transtorno ocorre porque os agendamentos são realizados em um único dia.
“É marcado uma vez por mês só, se não madrugar não consegue consulta ou médico. Devido à nossa pandemia, eles não distribuem senha, as pessoas ficam aqui. Um descaso, uma aglomeração de pessoas”, desabafou a paciente no vídeo enviado à EPTV.
A prefeitura informou, em nota, que abriu único dia de agendamento para otimizar a demanda, mas vai avaliar a estratégica para que as marcações sejam diárias. A administração informou ainda que quem foi à unidade nesta sexta-feira terá uma consulta garantida.
Moradores enfrentam fila para agendamento de consultas médicas em Americana
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Região de Campinas tem 51 mil aptos à tarifa social de energia, mas que estão fora do cadastro

Levantamento mostra que famílias que se enquadram nos critérios do benefício deixam de...

Após semanas lotados, hospitais privados de SP têm queda nas internações

A pandemia do coronavírus parece apresentar sinais de melhora no estado de São Paulo. Na sexta-feira, 9, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, revelou...

Campinas registra déficit de 12 mil doses de vacina contra a Covid para profissionais da saúde

Secretaria de Saúde enviou ofício pedindo o envio de mais doses, além de destacar que possui capacidade para...

Caminhão perde freio e atinge postes e muro de casa em Campinas

De acordo com a Polícia Militar, ninguém ficou ferido durante a ocorrência na Vila Aeroporto. Caminhão perdeu o...

Lentidão na aplicação de doses lota posto de imunização contra Covid-19 em Campinas

Prefeitura afirma que sistema de agendamento apresentou instabilidades, o que gerou espera. Morador relata demora de até uma...
- Advertisement -