segunda-feira, maio 17, 2021

Motorista com sinais de embriaguez atropela estudante de 25 anos em Campinas

Homem se negou a fazer teste de bafômetro e foi encaminhado ao PS para comprovar que estava alcoolizado. Caso ocorreu no Parque das Universidades. Um homem com sinais de embriaguez atropelou um estudante de 25 anos na madrugada de domingo (25), no Parque das Universidades, em Campinas (SP).
Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado, testemunhas informaram que a vítima andava na calçada quando foi atingida pelo carro. O rapaz foi socorrido ao Hospital PUC-Campinas, onde permanecia até a conclusão do boletim de ocorrência.
A SSP informou que o motorista se negou a fazer teste de bafômetro e foi encaminhado a um Pronto-socorro (PS) para constatação clínica da embriaguez.
O caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e atropelamento no plantão do 1º DP de Campinas. Segundo a SSP, a Polícia Civil enviou pedido para exame de corpo de delito.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Cidades da região de Campinas retomam vacinação contra Covid para grávidas e puérperas

Americana e Sumaré retomaram a imunização nesta segunda (17). Já Indaiatuba e Paulínia...

Filha de vítima de feminicídio em Piracicaba relata trauma do crime: 'saber que sou filha do assassino é difícil'

Crime ocorreu em 2019. Psicanalista diz que filhos de mulheres que foram mortas de forma violenta devem ter...

Santo Antônio de Posse aciona polícia após perder R$ 30 mil com furto de cabos que parou serviço de água; vídeo mostra crime

Câmera registrou momento em que furto é praticado por dois suspeitos, que ainda não foram localizados. Sem chuvas significativas há 71 dias,...

Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta risco de morte, diz estudo

O trabalho dignifica o homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...

Trabalhar demais pode matar do coração ou de AVC, diz estudo

O trabalho dignifica o Homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...
- Advertisement -