sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Ocupação das UTIs Covid cai para 83,78% em Campinas, mas rede municipal segue só com leitos para gestantes pelo 2º dia seguido

Abertura de leitos no HC da Unicamp garante cinco vagas no SUS estadual na cidade. Na rede particular, ocupação é de 74,24%, com 34 leitos livres. Com 83,78%, Campinas (SP) teve leve queda, nesta sexta-feira (19), na taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com quadro grave de Covid-19. Apesar disso, chegou ao segundo dia consecutivo com vagas apenas para gestantes nas unidades de saúde mantidas pela prefeitura.
O número de pacientes internados caiu de 219 para 217 nesta sexta. Na quinta, a taxa de ocupação chegou a 85,55% e a cidade teve o maior número de internados em cinco meses.
Na noite de quinta, três leitos foram abertos no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, mantido pelo estad. Com isso, são cinco estruturas vagas na unidade.
Os leitos estão divididos da seguinte forma:
SUS municipal: 107 leitos, dos quais 104 estão ocupados (97,20%). Há 3 leitos livres, sendo todos exclusivos para gestantes.
SUS estadual: 20 leitos, dos quais 15 estão ocupados (75%). Há 5 leitos livres.
Particular: 132 leitos, dos quais 98 estão ocupados (74,24%). Há 34 leitos livres.
VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Bebida especial garante energia para pesca no rio Apa (MS)

No paraíso entre Brasil e Paraguai, equipe fisga pintados de mais de 15...

Cursos profissionalizantes para PCDs têm inscrições abertas para moradores de Hortolândia e Sumaré

Participação é gratuita e atividades terão duração de 60 horas. Formações são para auxiliar administrativo (a) e operador...

Aprenda a preparar um 'petit gateau'

Sobremesa de restaurante leva apenas alguns ingredientes. Aprenda a preparar essa sobremesa de restaurante. Terra da Gente Ingredientes 120g de chocolate...

Conheça a comunidade que vive de acordo com o sobe e desce das águas

Reserva no Amazonas tem vila onde moradores aprenderam a viver na várzea. Desde o futebol até os serviços...

‘Março tem tudo para ser pior’, diz representante dos secretários de Saúde

“O momento é de extrema dificuldade. Infelizmente, o recorde de registro de óbitos não deve ficar com o dia 25/02/21. Março tem tudo para...
- Advertisement -