domingo, fevereiro 28, 2021

Pandemia de Covid-19 muda cenário da oferta de trabalho em Campinas e setor de TI reúne metade das vagas em janeiro


Segundo o CPAT, das 628 oportunidades abertas no mês, 300 são da área de Tecnologia da Informação. A pandemia de Covid-19 mudou o cenário do mercado de trabalho de Campinas (SP) e abriu caminho para setores da economia que não tinham tanto espaço na metrópole. De acordo com um levantamento do Centro de Apoio ao Trabalhador (CPAT) da cidade, pela primeira vez a área de Tecnologia da Informação (TI) reuniu metade das vagas abertas no local em janeiro, ao contrário do que acontecia anteriormente, quando comércio, alimentação e indústria sempre lideravam.
Segundo o balanço, das 628 oportunidades abertas no mês de janeiro, 300 são da área de TI, enquanto que 88 (14%) compreendem o setor de serviços e construção civil, 57 o ramo de logística (9%), e 31 (5%) dizem respeito à área de transportes. Ou seja, 80% do total de vagas são de setores que historicamente registravam menos ofertas de emprego.
De acordo com o economista do CPAT, André Fonseca, o mercado de Tecnologia da Informação já estava em alta antes da pandemia, mas teve muito aumento na oferta de vagas por conta da necessidade de mais investimento em tecnologia, causado pelo isolamento social e pela adoção do home office.
“Essa região nossa tem uma vocação natural para sediar empresas de logísticas e distribuição, que fica reforçada com o comércio eletrônico. Então, esses profissionais de logísticas vão ser bastante procurados. Telemarketing, por exemplo, também continua sendo uma área acessível a pessoas com menos qualificação, mas vai demandar bastante esse ano”, disse.
De volta ao mercado de trabalho
A analista de RH Lilian Santos precisou esperar seis meses para se recolocar no mercado de trabalho. No entanto, ela comemora a oportunidade de trabalhar na área de tecnologia. “É um alívio, conseguir retomar e contribuir também para a recolocação de outras pessoas”, disse a profissional.
Na empresa dela, já foram contratados 1/3 a mais do que o quadro de funcionários em março, quando a pandemia de coronavírus começou. “A tecnologia tem ajudado as empresas a otimizar processos, automatizar processos e o setor de tecnologia é o que tem provido isso”, disse Wesley Rodrigues da Silva, CEO da empresa.
Setor de tecnologia da informação reuniu metade das vagas de janeiro no CPAT em Campinas
Reprodução/EPTV
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Covid: Amazonas e Mato Grosso do Sul lideram aplicações de vacina no país

Os estados do Amazonas e do Mato Grosso do Sul são os que mais vacinaram contra Covid-19 no Brasil,...

Cidades da região de Campinas iniciam semana com 531 vagas de emprego abertas; veja lista

Interessados podem se candidatar a partir desta segunda-feira (1°). Em virtude da pandemia, a recomendação é para que...

Colisão entre carros deixa um ferido em Campinas

Acidente neste domingo (28) foi no cruzamento entre vias John Boyd Dunlop e Silvio Bacheti. Batida entre carros...

Discussão sobre instalação de lixeira termina com duas mortes e feridos em Artur Nogueira

Crime ocorreu na manhã deste domingo (28), em área rural da cidade. Confusão ocorreu após discussão sobre local...

‘Discurso negacionista é desserviço para saúde pública’, diz Rosa Weber

Na decisão que deu neste sábado determinando que o Ministério da Saúde volte a custear leitos de UTI para pacientes com covid-19 nos estados...
- Advertisement -