domingo, maio 9, 2021

Polícia Civil de Campinas prende mulher suspeita de participar de 'golpe do terreno' na região


Mulher de 34 anos foi presa por equipe do 11 DP após apresentar um contrato falso para tentar desbloquear um veículo com queixa de crime que havia recebido de uma das vítimas. Policiais civis do 11º DP investigam casos do golpe de terreno desde abril de 2020
Eduardo Rodrigues/EPTV
Uma mulher de 34 anos foi presa nesta segunda-feira (26) por policiais civis do 11º Distrito Policial de Campinas (SP) suspeita de envolvimento em um esquema de venda ilegal de lotes na região e que é investigado desde abril de 2020. A prisão ocorreu após ela apresentar na delegacia um contrato falso para tentar liberar o veículo que uma das vítimas havia dado como parte do pagamento, mas que acabou bloqueado após o registro de boletim de ocorrência.
Segundo o delegado Sandro Jonasson, a suspeita integra uma quadrilha que se apossava de terrenos vazios ou abandonados para aplicar golpes em cidades como Campinas, Hortolândia (SP), Sumaré (SP) e Monte Mor (SP). Pelo menos três vítimas compareceram ao 11º DP, mas o titular da unidade informa que são dezenas de casos.
Ainda de acordo com Jonasson, a mulher se apresentava como “missionária evangélica e também líder comunitária” para se aproximar das vítimas. Foi constatado que parte da quadrilha aproveitava terrenos vazios para “criar os lotes para venda, inclusive com direito a contrato”.
As vítimas só percebiam o golpe quando a quadrilha de estelionatários não entregava a escritura do terreno para a vítima começar a construir.
Em um desses negócios, a mulher repassou o veículo recebido como parte do pagamento de um dos lotes para terceiro, mas havia registro de pendência por conta do boletim de ocorrência da vítima que ficou sem o carro e o terreno.
Segundo a Polícia Civil, a suposta missionária foi atrás da vítima e, com ela, tentou retirar o bloqueio apresentando um suposto contrato. Ao conferir o documento, a equipe do 11º DP constatou que se tratava de um contrato falso e ela recebeu voz de prisão em flagrante.
Sandro Jonasson destacou que a falsa missionária irá responder pelos crimes de estelionato, associação criminosa e uso de documento falso.
VÍDEO: veja o que é destaque na região de Campinas
r
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -