sexta-feira, abril 16, 2021

Primeira noite de toque de recolher em Campinas tem ruas mais vazias, mas queixas sobre ônibus lotado


Fiscalização contou com PM, Guarda Municipal, Polícia Civil e equipes da vigilância. Restrições a serviços essenciais começaram a ser aplicadas nesta quinta (18) e são válidas até 30 de março. Fiscalização aborda vários carros e motos durante toque de recolher em Campinas
A primeira noite de toque de recolher com regras mais rigorosas em Campinas (SP) gerou redução no movimento das ruas a partir de 20h, mas queixas de ônibus lotados e fila para entrar em supermercados momentos antes do início das regras.
O movimento nos terminais Central e Ouro Verde também foi abaixo do que em dias normais. Quanto mais se aproximava das 20h, menor era a quantidade de pessoas nos ônibus. No entanto, houve reclamações de lotação em linhas.
“Ônibus sempre lotado. Você nunca pega ônibus vazio, é sempre lotado”, disse uma moradora, no Terminal Ouro Verde. “A gente paga caro na passagem para pegar esses ônibus lotados. Em vez de colocar mais ônibus, tiraram”, lamentou outra.
Veja como fica o transporte público com o toque de recolher
Em nota, a Emdec informou que, durante o período diurno (fora do toque de recolher), não houve alteração ou redução do transporte. “A operação teve início por volta das 4h30, de forma normalizada”.
Segundo a reportagem da EPTV, alguns supermercados registraram fila para entrada e houve movimento nos corredores de itens de primeira necessidade, como alimentos e produtos de higiene.
Mercado com fila em Campinas nesta quinta-feira, quando começou o toque de recolher no município
Reprodução/EPTV
As medidas valem até 30 de março e são mais restritivas do que as já estabelecidas pelo estado na fase emergencial. Até esta publicação, a prefeitura não enviou o balanço completo da fiscalização.
Barreiras sanitárias
Após 20h, quando as regras mais restritivas entraram em vigor, as ruas tiveram redução no movimento. As oito barreiras sanitárias abordaram motoristas e questionavam a necessidade da saída de casa.
Além da Guarda Municipal, diversas viaturas da Polícia Militar atuaram na operação. “A Polícia Militar estará nas imediações fazendo a sua missão constitucional de policiamento de forma geral, prevenindo crimes. Se chegar notícia de alguma ilegalidade, festas irregulares nós faremos o aviso para a Guarda Municipal”, informou o tenente coronel Adriano Augusto Leão.
Polícia Militar durante toque de recolher nesta quinta-feira em Campinas
Reprodução/EPTV
Muitos carros e motos foram parados na Avenida Norte-Sul. “A situação do município é drástica, é grave, então a gente acha que essas ações restritivas podem e devem contribuir muito com isso havendo a adesão da população”, disse o secretário de Segurança de Campinas, Cristhiano Biggi.
Biggi prometeu intensificar ainda mais a fiscalização não só no horário de toque de recolher. “Com todos os outros órgãos fiscalizando”.
Guarda orienta motorista sobre toque de recolher em Campinas na primeira noite das novas medidas
Reprodução/EPTV
Regras
Serviços de alimentação (padarias, supermercados, lojas de conveniência): devem encerrar as atividades presenciais às 20h;
Serviços de drive-thru (para qualquer atividade): encerrar às 20h;
Multa de 800 UFICs (R$ 3,5 mil) para responsáveis por festas clandestinas ou reuniões familiares com mais de 10 pessoas;
Lacração imediata e multa de 800 UFICs (R$ 3,5 mil) para estabelecimentos flagrados funcionando em desacordo com as regras do município.
Condução do responsável pela organização da festa clandestina, da reunião familiar ou estabelecimento flagrado em desacordo até a delegacia de Polícia Civil, para registro de termo circunstanciado de ocorrência com base no artigo 268 do Código Penal (descumprimento de medida sanitária);
Abordagem de pessoas circulando após as 20h, educativa, com orientação para retorno ao domicílio;
Bloqueios em pontos estratégicos por ação integrada da Guarda Municipal e polícias Militar e Civil;
Uso do sistema de câmeras e leitores de placas para identificar aglomerações de veículos;
A prefeitura destacou que haverá ações de fiscalização, com bloqueios em pontos estratégicos da cidade, por meio uma força-tarefa que inclui a Guarda Municipal e as polícias Civil e Militar. Denúncias de aglomerações e irregularidades podem ser feitas pelos telefones 153, 156 e 160.
A abordagem de moradores nas ruas após as 20h será, neste momento, educativa. O cidadão deverá fornecer detalhes sobre o motivo de estar nas vias naquele horário. Caso seja identificado que não se trata de uma ação motivada por serviço essencial, ele será orientado a retornar para o domicílio.
Festas, reuniões familiares e comércios irregulares
A prefeitura impõe sanções aos organizadores de festas clandestinas ou de reuniões familiares com mais de dez pessoas durante a vigência da medida, com multa de 800 UFICs (cerca de R$ 3,5 mil).
De acordo com a administração municipal, além da pena pecuniária, os responsáveis por tais aglomerações serão conduzidos à delegacia de Polícia Civil para registro de um termo circunstanciado de ocorrência com base no artigo 268 do Código Penal, sobre descumprimento de medida sanitária.
As mesmas sanções, com acréscimo de lacração imediata, estão previstas aos comércios flagrados em desacordo com as medidas restritivas. As demais regras da fase emergencial continuam válidas:
Proibição do uso de praias e parques
Proibição de qualquer aglomeração
Usar máscara em todos os ambientes, internos e externos
Atividades com restrição completa
Serviço de retirada (take-away) de todos os setores
Lojas de materiais de construção
Celebrações religiosas coletivas (recepção pode ser individual)
Atividades esportivas
Teletrabalho obrigatório para atividades administrativas não essenciais
Órgãos públicos
Escritórios e qualquer atividade desde que o setor não seja essencial
Não autorizada a entrega de alimentos e produtos ao cliente no estabelecimento comercial
Permitido somente serviços de drive-thru (entre 5h e 20h) e delivery 24h para restaurantes e outros estabelecimentos comerciais
Vídeos: tudo sobre sobre Campinas e região
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Taxa de reprodução da Covid-19 volta a subir em Campinas, mas segue indicando regressão da pandemia

Metrópole atingiu índice de 0,9 e resultados menores que 1 sugerem que casos...

Emdec bloqueia dois trechos do Jardim Londres para obras da Sanasa neste fim de semana

Bloqueios ocorrem entre as ruas Ferdinando Panattoni e Oswaldo Oscar Barthelson e no cruzamento das vias Geraldo Nogueira...

Shoppings de Campinas reabrem a partir de domingo com horário e capacidade limitada

Estabelecimentos voltam a funcionar das 11h até às 19h, com 25% da capacidade de lotação, após prefeitura anunciar...

Maranhão cria rede de acolhimento a pessoas com sequelas da Covid-19

Pacientes com sequelas da Covid-19 vão contar com um sistema de atendimento na saúde estadual. O governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira, a implantação...

Campinas regulamenta permissão para guardas municipais usarem armas particulares em serviço

Portaria publicada nesta sexta-feira regulariza uso de equipamentos considerados 'armas curtas' além da que a corporação fornece aos...
- Advertisement -