segunda-feira, maio 17, 2021

Refeitório da Cidadania de Campinas tem alta de 23% na procura por marmitas em 8 meses


Prefeitura identifica que serviço criado para fornecer alimentação à moradores em situação de rua também é procurado por famílias que ficaram em situação de vulnerabilidade durante a pandemia. Refeitório da Cidadania, em Campinas, tem aumento de 23% na distribuição de marmitas
Inaugurado em agosto de 2020 para fornecer alimentação à população de rua, o Refeitório da Cidadania de Campinas (SP) registrou aumento de 23% por marmitas em oito meses. Em março, a unidade que fica na região central distribuiu 7.220, contra 5.860 do primeiro mês de funcionamento.
Refeições entregues
Agosto/2020: 5860
Setembro/2020: 6680
Março/2021: 7.220
De acordo com Alexandre Polo do Valle, diretor do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional de Campinas, nesse período foi identificado que não eram apenas os moradores em situação de rua que precisavam de ajuda, mas que a crise provocada pela pandemia, com aumento do desemprego, colocou diversas famílias em situação de vulnerabilidade.
As marmitas são entregues diariamente, entre 18h e 19h30, e não há necessidade de cadastro. Entretanto, filas costumam se formar antes da abertura do refeitório que fica na Rua Álvares Machado, 766, próximo ao Mercado Municipal.
O aposentado Roberto Aparecido é uma das pessoas que depende da refeição entregue pela prefeitura para sobreviver.
“Estou sem moradia, desempregado. Para arrumar emprego, chega uma certa idade e fica difícil. Dependo dessa refeição”, disse.
Funcionários do Refeitório da Cidadania fazem entregas de marmitas em Campinas (SP)
Reprodução/EPTV
VÍDEO: veja o que é destaque na região de Campinas
r
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Cidades da região de Campinas retomam vacinação contra Covid para grávidas e puérperas

Americana e Sumaré retomaram a imunização nesta segunda (17). Já Indaiatuba e Paulínia...

Filha de vítima de feminicídio em Piracicaba relata trauma do crime: 'saber que sou filha do assassino é difícil'

Crime ocorreu em 2019. Psicanalista diz que filhos de mulheres que foram mortas de forma violenta devem ter...

Santo Antônio de Posse aciona polícia após perder R$ 30 mil com furto de cabos que parou serviço de água; vídeo mostra crime

Câmera registrou momento em que furto é praticado por dois suspeitos, que ainda não foram localizados. Sem chuvas significativas há 71 dias,...

Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta risco de morte, diz estudo

O trabalho dignifica o homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...

Trabalhar demais pode matar do coração ou de AVC, diz estudo

O trabalho dignifica o Homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...
- Advertisement -