quarta-feira, abril 14, 2021

Região de Campinas tem queda no número de novas internações por Covid-19 pela 1ª vez desde fevereiro


Dados são da Fundação Seade, que faz controle diário dos números de pessoas hospitalizadas nas 42 cidades do Departamento Regional de Saúde da 7ª região (DRS-7), com sede na metrópole. Média de mortes se mantém alta. Veja gráfico que representa queda na média móvel de internações por Covid-19 em Campinas
O número diário de novas internações de pessoas com Covid-19 no Departamento Regional de Saúde da 7ª região (DRS-7) com sede em Campinas (SP) teve queda pela primeira vez desde fevereiro, de acordo com dados da Fundação Seade. A redução foi na média móvel em leitos de terapia intensiva (UTI) e enfermaria.
Nesta segunda-feira (5), a DRS-7, composta por 42 municípios, teve média móvel de 294 novos pacientes internados em vagas exclusivas para sintomáticos de coronavírus. Na semana passada a média era de 317, o que representa uma queda de 7,25%.
A última vez que a região teve queda significativa nesse índice foi em 15 de fevereiro, quando eram 103 internações novas por dia.
A redução percebida dentre os hospitalizados não ocorreu em relação às mortes, que se mantêm altas. Na semana passada, a média móvel era de 72 e nesta segunda estava em 73. Há duas semanas o índice era de 54 vítimas.
Internação por Covid-19 têm redução na região de Campinas
GloboNews
Fase mais restrita
A região está na fase emergencial do Plano São Paulo, com serviços não essenciais fechados para atendimento presencial, toque de recolher durante a noite e madrugada, além de barreiras sanitárias para conter o avanço da pandemia.
Campinas fecha 239 locais e lacra 70 desde início de toque de recolher e barreiras sanitárias
Campinas publica decreto com novas restrições para comércios essenciais e criação de barreiras sanitárias
Metrópole proíbe consumo de bebida alcoólica em praças e locais públicos
Hospitais ainda lotados
A situação dos hospitais, no entanto, segue próxima dos 100% de lotação ou ainda superlotada em algumas cidades. Só em Campinas, por exemplo, as vagas do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e do estado estavam totalmente ocupadas nesta segunda (5).
Só havia opção de internação em leitos privados, mesmo assim só 11 dos 246 estavam vagos. Veja abaixo:
SUS municipal: 157 leitos, dos quais 157 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
SUS estadual: 38 leitos, dos quais 38 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
Particular: 246 leitos, dos quais 235 estão ocupados (95,53%). Há 11 leitos livres.
Hospitais do DRS de Campinas registram queda de 7% na média móvel de internações
VÍDEOS: veja o que mais é notícia na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

O amor pela cozinha e a superação de desafios

Conheça a história da cozinheira Claudete Machado, de Campinas, que acredita que para...

Governo federal recebe estudo de viabilidade para nova licitação de Viracopos

Etapa é mais um passo para o avanço do processo de relicitação; único consórcio a enviar o documento...

Complementos para sopas e caldos mais saborosos

Veja o que o chef Ricardo Barreiro, de Campinas, indica para dar um toque especial ao preparos que...

Campinas tem mais 34 mortes por Covid-19 e total aumenta para 2.735; casos chegam a 86,5 mil

Balanço divulgado pela prefeitura na tarde quarta-feira (14) mostra mais 660 moradores infectados. Vítimas são 17 homens e...

Caçador de auroras boreais: o jovem brasileiro que vive em busca das ‘luzes coloridas’

De Sorocaba (SP), hoje Filippo Dias vive na Finlândia e divulga imagens do céu nas redes sociais. ...
- Advertisement -