domingo, maio 9, 2021

Último pracinha de Campinas morre aos 101 anos: 'Legado de exemplo e dedicação à família'


Ex-combatente Justino Alfredo esteve em batalhas contra soldados nazistas na Itália durante a 2ª Guerra Mundial. Veterano enfrentava um quadro de complicações renais, afirma genro. Soldado Justino Alfredo, combatente da 2ª Guerra Mundial
Reprodução/EPTV
O ex-combatente Justino Alfredo, último pracinha vivo de Campinas (SP), morreu na manhã desta segunda-feira (12), aos 101 anos. Veterano da Força Expedicionária Brasileira (FEB), ele esteve em batalhas contra soldados nazistas na Itália durante a 2ª Guerra Mundial. Justino deixa esposa, quatro filhos, nove netos e seis bisnetos.
“Das paixões que ele cultivou, as paixões às quais ele se entregou, ele sustentou todas. Como diriam os antigos, ele deu conta da família, deu conta da guerra e deu conta de continuar torcendo pela Ponte Preta. Deixa um legado de exemplo, de dedicação à família”, afirma o genro, Francisco de Assis Ferreira.
Ainda de acordo com o genro, Justino enfrentava complicações renais e estava internado no Hospital Vera Cruz há uma semana. No último mês, em meio às três internações às quais foi submetido devido aos problemas nos rins, ele também foi diagnosticado com Covid-19, mas se recuperou da doença.
Justino Alfredo durante comemoração do aniversário de 100 anos
Comando da 11ª Brigada de Infantaria Leve/Divulgação
Serviço militar
Nascido em 24 de setembro de 1919, Justino realizou o serviço militar inicial no Tiro de Guerra de Campinas em 1940. Em 1942, aos 23 anos, foi convocado para integrar o 6º Regimento de Infantaria, no 1º escalão da Força Expedicionária Brasileira, que lutou nos campos de batalha italianos.
De acordo com o Exército Brasileiro, o ex-combatente fez o batismo de fogo em 16 de setembro de 1944, “por ocasião da libertação de Massarosa, participando de todas as ações do Regimento Ipiranga até o final da Guerra”.
O velório de Justino Alfredo está marcado para esta terça-feira (13), das 8h30 às 9h30, na Capela do Cemitério Flamboyant, em Campinas. Segundo a Associação dos Expedicionários Campineiros, serão permitidas somente 10 pessoas por vez, em revezamento.
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -