segunda-feira, março 8, 2021

Privatizações poderiam avançar com Arthur Lira, mas reforma tributária perderia espaço, diz Eurasia

SÃO PAULO – Candidato apoiado pelo Palácio do Planalto na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) não deve ser um obstáculo à agenda econômica do governo federal se eleito ‒ e pode inclusive ajudar a acelerar privatizações na casa. Mas a reforma tributária corre mais riscos de ficar pelo caminho em sua eventual gestão.

Esta é a leitura que fazem os analistas políticos da consultoria Eurasia Group. Para eles, o líder do “centrão”, que oficializou sua candidatura na última quarta-feira (9), hoje corre na frente na disputa pela sucessão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) no comando da casa legislativa.

“Ao contrário de Maia, Lira e o ‘centrão’ não são ideologicamente tão comprometidos com reformas econômicas liberais”, pontuam em relatório distribuído a clientes nesta sexta-feira (11).

Para os especialistas, Lira e a maioria dos membros do bloco hoje estão interessados em preservar o teto de gastos, mas têm menos convicção ideológica nas políticas de austeridade fiscal e são mais suscetíveis a pressões do eleitorado por mais distribuição social.

“A boa notícia é que uma vitória de Lira não deve ter impacto tão negativo sobre a agenda econômica. Certamente terá um impacto, mas principalmente mudando a ordem de prioridades, sem impedir a reforma fiscal”, afirmam.

“A má notícia é que a aliança tática de Lira com o governo depende de duas coisas: a popularidade do presidente, que deve cair em 2021, e a capacidade de a administração conceder mais recursos aos parlamentares, que será limitada. Por ambos os motivos, a relação será marcada por altos e baixos, com alguns períodos de obstrução a algumas medidas”, ponderam.

Os analistas acreditam que, independentemente do vencedor na disputa pelo comando da casa legislativa, as principais variáveis para a agenda de reformas serão a disposição de Bolsonaro em defender medidas potencialmente impopulares e a percepção que o Congresso terá sobre a urgência das medidas. Neste sentido, condições favoráveis de mercado, paradoxalmente, poderiam jogar contra tal agenda.

A reputação de cumpridor de acordos e os acenos feitos ao mercado e ao governo nesta campanha, avaliam, elevam as chances de Lira, caso eleito, conduzir as pautas de interesse da equipe econômica, sobretudo no início de 2021.

Mas no geral a probabilidade de avanço das privatizações (sobretudo da Eletrobras e dos Correios) seria maior do que da pauta tributária. Especula-se no parlamento que Maia evitou tal agenda em um aceno aos partidos de oposição – e nada impede que o cenário se repita caso um candidato do “bloco independente” seja eleito, dizem os analistas. Já Lira poderia abraçar a pauta se defendida pelo governo.

Por outro lado, a reforma tributária, pauta prioritária de Maia no fim de sua gestão, tenderia a perder espaço, dependendo ainda mais de um apoio enfático de Bolsonaro.

“Se Lira vencer, Paulo Guedes estará em uma posição de negociação muito mais forte. Isso pode torná-lo mais propenso a conduzir a reforma, já que as condições serão atrativas para o governo federal; mas se os estados acreditarem que a oferta é pequena, podem recuar. Se os estados não permanecerem unidos, no apoio à reforma, as chances de aprovação (hoje em 55%) cairão”, avaliam.

“Seria provavelmente mais fácil aprovar a reforma tributária se o candidato apoiado por Maia vencer, e um número maior de congressistas ajudarem os estados a negociarem uma solução de meio-termo mais razoável para o impasse”, concluem.

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Privatizações poderiam avançar com Arthur Lira, mas reforma tributária perderia espaço, diz Eurasia appeared first on InfoMoney.

Ultimas Notícias

Campinas e Valinhos registram carreatas pedindo volta às aulas presenciais na fase vermelha

Apesar de liberadas pelo governo estadual, atividades presenciais em escolas públicas e particulares...

Covid-19: Regional de Campinas atinge maior média móvel de novas internações em 7 meses

Dados da Fundação Seade mostram que índice registrado neste domingo (7) é 39,4% maior que o aferido 14...

Coletivo de Hortolândia apresenta festival online de música; veja programação

Apresentações serão realizadas nos dias 7, 14 e 21 de março. Público pode acompanhar a transmissão gratuitamente pelo...

Polícia pede prisão temporária de suspeito de matar companheira a facadas em Águas de Lindóia

Diego Paiva, de 23 anos, foi ouvido e liberado no sábado; SSP informa que autoridade policial aguarda decisão...

O ranking das vacinas mais usadas no mundo

Pouco mais de um ano após o início da pandemia de coronavírus, 261 vacinas contra a Covid-19 estão em desenvolvimento. Destas, 79 estão na...
- Advertisement -