quarta-feira, abril 14, 2021

fb_image.jpeg

Katherine Martins, 19 anos, estudante

Com a quarentena, ela deixou de encontrar o grupo de 8 amigos que conhece desde os 2 anos de idade. O grupo tinha como tradição se encontrar semanalmente, na casa dela, onde faziam drinques e conversavam. Ela relata sentir muita falta deles, mas tenta driblar o sentimento com mensagens diárias via WhatsApp e chamadas de vídeo aos finais de semana. Além disso, parou com a terapia pois não gostava do modelo de videochamada com a psicóloga, assim que os casos estiverem sob controle irá retomar as sessões.

Sao Paulo 17/03/2021 – Especial Meu Mundo Sou Eu – A turma de jovens adolescentes e jovens adultos representa a faixa etária que talvez mais profundamente viva as dores do cotidiano da pandemia ¿ especialmente em momentos de lockdown, com circulação restrita. Na foto Katherine Martins. Foto: Jonne Roriz/Veja

fb_image.jpeg
fb_image.jpeg