terça-feira, junho 15, 2021

Aumentam as chances de termos mais de uma vacina contra a Covid-19

Nesta segunda-feira, 9, um dos anúncios mais esperados do ano foi apresentado: a constatação de que uma vacina pode ser capaz de prevenir a infecção pelo novo coronavírus. Dados preliminares de um estudo clínico fase 3 com 44.000 pessoas, incluindo 3.100 brasileiros, mostraram que o imunizante desenvolvido pela gigante americana Pfizer em parceria com a empresa alemã BioNtech apresentou mais de 90% de eficácia na prevenção da doença, sem causar efeitos colaterais graves.

Esse é o primeiro resultado positivo de um teste clínico em larga escala apresentado e representa um divisor de águas, pois indica que as vacinas de fato podem ajudar a conter a pandemia. Até então, havia uma preocupação de que as vacinas poderiam não se mostrar eficazes. Além disso, a eficácia de 90% supera, em muito, a expectativa das farmacêuticas e agências reguladoras. No melhor cenário, especialistas esperavam que uma vacina contra a Covid-19 tivesse 70% de eficácia. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a FDA, agência americana que regula medicamentos e produtos de saúde, determinaram que um imunizante precisaria ser, no mínimo, 50% eficaz na prevenção da doença para ser aprovado.

O anúncio foi o primeiro de uma série de notícias positivas divulgadas ao longo do dia. Também sexta segunda-feira, 9, a vacina desenvolvida pela empresa americana de biotecnologia Novavax recebeu o status de aprovação rápida na FDA. A designação tem como objetivo facilitar o desenvolvimento e agilizar a revisão dos dados necessários para a aprovação de medicamentos desenvolvidos para tratar condições graves ou para atender necessidades médicas não atendidas, como é o caso da Covid-19.

Em agosto, dois estudos da vacina da Novavax mostraram resultados preliminares tão encorajadores que foram considerados por muitos especialistas os mais impressionantes já vistos. A empresa recebeu 1,6 bilhão de dólares (cerca de 8,6 bilhões de reais) do governo americano ​​para ter 100 milhões de doses prontas até o início de 2021. Resultados preliminares do estudo fase 3 no Reino Unido, que conta com a participação de 10.000 voluntários, são esperados para o primeiro trimestre de 2021.

Nesta mesma segunda-feira, 9, o governador João Doria anunciou que em 20 de novembro chegarão ao país as primeiras 120.000 doses da vacina CoronaVac. Esse será o primeiro de cinco lotes. Até 30 de dezembro, 6 milhões de doses do imunizante compradas prontas para serem aplicadas assim que o antígeno for aprovado pela Anvisa, estarão no país. Também teve início a preparação da fábrica do Instituto Butantan que será responsável por produzir integralmente as vacinas. As obras começaram dia 2 de de novembro e a unidade deverá ser entregue em setembro de 2021. Quando estiver pronta, a planta terá uma capacidade de produção de 100 milhões de doses por ano.

Os recentes anúncios aumentam a perspectiva de termos duas ou três vacinas circulando no começo de 2021. A Pfizer e a BioNTech entrarão com o pedido de aprovação para uso emergencial da vacina na FDA ainda este mês, aumentando a chance de uma decisão regulatória em dezembro. Resultados da fase 3 dos imunizantes desenvolvidos pela Universidade Oxford em parceria com a Astrazeneca, da CoronaVac e da Moderna também são esperados para este ano.

Nesta segunda-feira, 9, o Brasil registrou uma média móvel de 17.260,9 novos casos e 339,3 óbitos por Covid-19. Estes números dizem respeito à média móvel semanal. O cálculo considera os dados dos últimos sete dias somados e divididos por sete. Deste modo é possível avaliar o avanço ou desaceleração da pandemia pois atenua-se os atrasos de notificações naturais aos finais de semana e feriados.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Campinas tem déficit de 47% no efetivo da Polícia Civil, aponta sindicato

Balanço compreende todos os cargos, entre eles delegado, investigador e escrivão. Segundo a...

Polícia Militar detém casal por tráfico de drogas em Indaiatuba

Ocorrência foi no Jardim Morada do Sol. De acordo com a Polícia Militar, os dois estavam com porções...

Escola tem cartazes colocados em protesto por ataques a aluno após sugestão de trabalho com tema LGBT: 'Ou aceita ou respeita'

Objetos foram colocadas na manhã desta terça na fachada da Escola Estadual Aníbal de Freitas. Polícia investiga o...

Empresa de transportes abre 142 vagas de emprego na região de Campinas em 37 cargos; veja áreas

Entre os benefícios oferecidos estão ticket-refeição, cesta básica e convênio médico. Confira a lista completa de oportunidades. Região...

Vacina contra Covid-19: Indaiatuba abre cadastro para pessoas com mais de 18 anos

Cronograma acompanha Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde e contempla maiores de 18 anos sem problemas...
- Advertisement -