quarta-feira, março 3, 2021

Avião que buscaria vacina na Índia agora levará oxigênio para Manaus

O voô brasileiro que iria buscar as 2 milhões de doses da vacina de Oxford, na Índia, foi cancelado e redirecionado para combater a situação caótica no sistema de saúde do Amazonas. A aeronave que estava no Aeroporto do Recife chegou na manhã deste sábado, 16, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) e a expectativa é que parta rumo a Manaus ainda nesta tarde, levando cilindros de oxigênio para os hospitais da capital amazonense.

A aeronave A330neo, da Azul Linhas Aéreas, decolou às 3h58 de Recife e pousou às 06h43 em Campinas. Por meio de nota, a Azul informou que o pedido para redirecionar o voo que iria até a Índia para o Amazonas foi feito pelo Ministério da Saúde.

“O voo será feito pela mesma aeronave que partiria hoje para Mumbai, na Índia, uma vez que a missão terá seu início reprogramado enquanto às questões diplomáticas entre os dois países são resolvidas e as doses da vacina Astrazeneca/Oxford possam ser trazidas ao Brasil”, informou a Azul.

“Nossa intenção é ajudar o Brasil e os brasileiros e não mediremos esforços para oferecer apoio logístico no transporte de matérias para o combate à Covid-19. Estamos prontos para voar à Índia e também para transportar o que for necessário dentro do Brasil”, completou a empresa.

Impasse sobre Índia

Ainda não há informações sobre quando a importação das doses produzidas pelo Instituto Serum serão feitas. O imunizante passa por análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que seja usado emergencialmente no Brasil. O aval da agência reguladora deve ser feito no próximo domingo, 17, em reunião da entidade.

A tripulação estava preparada para realizar o translado das doses, mas a operação foi suspensa. Em entrevista à TV Bandeirantes na sexta-feira 15, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) afirmou que a compra demoraria “dois, três dias”.

Em nota divulgada por volta das 21h a Azul esclareceu “que está pronta para buscar o lote de dois milhões de doses da vacina desenvolvida pela Astrazeneca/Oxford em Mumbai, na Índia, e que aguarda a definição diplomática entre o Brasil e o governo indiano”.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Trio é preso por porte ilegal com 12 armas sem registro em Campinas

Dois homens e uma mulher foram encaminhados para o 1º Distrito Policial da...

Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta quarta, 3 de março

Veja números de pessoas infectadas e de óbitos pela doença em cada cidade. Reprodução em 3D do modelo...

Covid-19: Campinas começa a vacinar 4 mil idosos com 77 a 79 anos

Prefeitura prevê imunização deste grupo em quatro centros de imunização até sexta, e abertura de novo local neste...

Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 3 de março de 2021

Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o...

Fase vermelha em Campinas tem início nesta quarta: veja restrições e o que pode funcionar

Medidas mais restritiva do Plano SP é válida até 16 de março, e inclui a suspensão de atendimento...
- Advertisement -