quinta-feira, março 4, 2021

Coronavírus sobrevive até 28 dias em celular e dinheiro, diz estudo

O novo coronavírus pode sobreviver em superfícies como celulares, notas de dinheiro e aço inoxidável por até 28 dias, de acordo com um estudo publicado no periódico científico Virology Journal. O período é muito mais longo do que se pensava anteriormente e reforça a necessidade de desinfetar superfícies e lavar as mãos constantemente.

Leia nesta edição: os planos do presidente para o Supremo. E mais: as profundas transformações provocadas no cotidiano pela pandemiaVEJA/VEJA

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores do Centro Australiano de Preparação para Doenças (ACDP, na sigla em inglês) realizaram experimentos com o SARS-CoV-2 em ambiente controlado. Como estudos anteriores mostraram que a luz ultravioleta pode reduzir a sobrevivência do vírus, os testes foram realizados no escuro.

Os resultados mostraram que a uma temperatura ambiente de 20ºC, o SARS-CoV-2 permanece ativo por 28 dias em superfícies lisas, como telas de celulares e notas de dinheiro. Já o vírus da gripe, por exemplo, pode sobreviver apenas 17 dias nas mesmas circunstâncias.

Conforme a temperatura aumenta, seu tempo de sobrevivência diminui. A 30º C, a taxa de sobrevivência caiu para sete dias e a 40º C, o vírus sobreviveu apenas 24 horas. Ele também sobreviveu menos tempo em superfícies porosas, como o algodão.

Os pesquisadores ressaltam que o experimento não foi realizado em condições naturais, já que o tempo todo estava escuro, mas alertam que os resultados comprovam a importância de higienizar as mãos e superfícies. Embora a principal foram de transmissão do coronavírus seja por meio do contato direto com gotículas de pessoas doentes e por aerossóis, também é possível contrair a Covid-19 ao tocar em superfícies infectadas.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Toxina de taturana é usada em pesquisas na área médica e farmacológica

Espécie 'Megalopyge albicollis', também chamada de lagarta-de-fogo é encontrada em vários jardins; contato com humanos pode causar...

Polícia Federal apreende cerca de 400 mil cigarros contrabandeados no Terminal Central de Campinas

Uma pessoa que trabalhava no local está sendo ouvida pela Polícia Federal. Polícia Federal apreende 400 mil cigarros contrabandeados em Campinas A...

Covid-19: Campinas define abertura de 30 leitos no Hospital Metropolitano até segunda-feira

Administração diz que pacote inclui 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria na unidade particular que está sob intervenção. Governo ainda...

Pai de menina de 13 anos morta por síndrome pós-Covid alerta que filha não teve sintomas de coronavírus: 'Se importem'

Paulo César Santos, de 50 anos, afirma que família contraiu Covid-19 entre dezembro e janeiro, mas que a...
- Advertisement -