terça-feira, abril 13, 2021

Covid-19: França investiga nova variante não identificada pelo teste PCR

Uma nova variante do novo coronavírus, que não é identificada pelo teste PCR, preocupa as autoridades francesas. Agora, especialistas investigam se a nova cepa, identificada em um hospital de Lannion, na Bretanha, em Côtes-d’Armor, na França, é mais infecciosa ou mortal.,

A nova variante foi detectada em meio a um foco de infecção no hospital de Lannion. Entre 79 doentes, oito apresentavam resultados de PCR sucessivamente negativos para o novo coronavírus, embora tivessem sintomas compatíveis com a doença,  incluindo infecções pulmonares graves.

O teste RT-PCR é considerado o padrão-ouro para diagnóstico da doença e indica infecção agudas. No entanto, nestes oito pacientes, só foi possível confirmar que se tratava de Covid-19 por meio de sequenciamento e da coleta de matéria biológica nos pulmões, intervenção mais demorada e invasiva.

Até o momento, não há evidências de que a nova variante seja mais infecciosa ou mortal. Mas pesquisadores do Instituto Pasteur investigam se a cepa, com nove mutações genéticas, resiste à vacinação ou se apresenta maior risco de transmissão ou gravidade da doença.

“Está em curso uma avaliação para apurar o possível impacto dessas modificações genéticas na incapacidade de reconhecimento por testes virológicos, o que conduz a um subdiagnóstico e que poderá interferir na estratégia de rastreamento atualmente em vigor”, diz a Direction génerale de la Santé (DGS), em comunicado.

No comunicado, a DGS francesa indica que todos os casos que se enquadrem na definição dessa nova variante, prováveis ou confirmados “devem ser submetidos a um isolamento estrito durante um período de dez dias”.

O alerta surge no momento em que a pandemia progride no país, sobretudo na área metropolitana de Paris. No total, A frança contabilizou 4,078 milhões e 90,78 mil mortes desde o início da pandemia. Estão internadas nos hospitais franceses mais de 25.000 pessoas, das quais 4,21 mil em unidades de terapia intensiva.

A expectativa é que o presidente francês, Emmanuel Macron, anuncie novas medidas nos próximos dias, tendo em conta a evolução da pandemia sobretudo na região de Île-de-France. “Vamos ter de tomar novas decisões nos próximos dias, sem dúvida”, afirmou Macron na segunda-feira, 15, quando questionado sobre a possibilidade de um novo confinamento na região parisiense, antes da divulgação de informações sobre a nova variante, encontrada no norte do país.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Avião da Azul faz pouso de emergência no Galeão após piloto relatar fumaça a bordo

Dois passageiros que se sentiram mal durante a situação precisaram ser atendidos pelo...

DIG prende suspeito e apreende fios roubados que seriam trocados por drogas em Indaiatuba

Policiais civis também localizaram porções de entorpecentes, simulacro de revólver, faca e cerca de R$ 2,5 mil em...

Em 100 dias, rede municipal atende o equivalente a 11% da população de Campinas com suspeita de Covid-19

Percentual representa cerca de 133 mil pessoas que procuraram consulta médica em UBSs, UPAs ou nos hospitais mantidos...

Campinas abre agendamento da vacinação contra Covid-19 para maiores de 67 anos

Cadastro deve ser feito no site, onde será informado horário e local de aplicação. Cidade conta com cinco...

Banco de leite da Maternidade em Campinas atinge nível mais crítico da pandemia; veja como doar

Hospital tem estoque de 139 litros, volume 30,5% inferior aos 200 indicados como mínimo ideal, e reivindica doações....
- Advertisement -