domingo, maio 9, 2021

Covid-19: Mundo ultrapassa a marca de 1 milhão de mortos, diz universidade

O mundo superou nesta segunda-feira, 28, a marca de um milhão de mortes provocadas pela Covid-19, de acordo com dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins.

Segundo a plataforma criada pela instituição, que é utilizada como referência de pesquisa sobre a pandemia, já são 1.000.555 mortes em decorrência do coronavírus.

Os Estados Unidos lideram no número de óbitos, com 205.031. O Brasil é o segundo país na estatística, com 142.058 mortes. Índia, México e Reino Unido aparecem na sequência.

A velocidade da pandemia também chama atenção: as primeiras 500 mil mortes ocorreram no intervalo de seis meses, mas as outras 500 mil foram registradas em apenas três meses. Nos últimos 12 dias, foram 100 mil óbitos.

Ainda segundo a plataforma da universidade Johns Hopkins, já foram diagnosticados 33.273.720 casos de Covid-19 em todo o mundo. Os Estados Unidos também estão em primeiro nesta estatística, com 7.147.241 registros. Mas o segundo lugar é da Índia, com 6.074.702 casos. O Brasil é o terceiro, com 4.745.464 no total.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -