sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Covid-19: Reino Unido pode começar vacinação em 7 de dezembro

A vacina da Pfizer desenvolvida em parceria com o laboratório de biotecnologia BioNTech pode ser o primeiro imunizante para Covid-19 a ser autorizado de maneira emergencial no ocidente. O medicamento está em avançado processo de avaliação pela agência reguladora independente do Reino Unido, conforme revelou o jornal Financial Times. 

Uma vez liberada, a vacinação poderá ocorrer horas depois do parecer da agência — o que permitiria que as primeiras agulhadas ocorressem ainda no dia 7 de dezembro. Em outros países como a China e a Rússia, já houve autorização emergencial de outros medicamentos de origem nacional.

O Reino Unido encomendou 40 milhões de doses do medicamento da Pfizer, que é aplicado em duas doses. Ele também está em processo de negociações no Brasil junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A eficácia divulgada pelos laboratórios é de 95%.

Ultimas Notícias

Humorista Murilo Couto se apresenta no Teatro Paulo Autran em Americana

Espetáculo tem classificação indicativa de 14 anos e está agendado para às 20h...

Covid-19: Campinas aplica em seis meses 448 multas por falta de máscara; janeiro tem menor nº

Metrópole iniciou 2021 com aplicação de 23 penalidades, enquanto recorde de 215 foi em agosto de 2020, mês...

Valinhos e Vinhedo suspendem aplicação de 2ª dose da CoronaVac

Imunização de profissionais da saúde em Vinhedo estava marcada para esta sexta-feira; em Valinhos, idosos com 90 anos...

Covid-19: MP questiona Campinas sobre medidas de apoio a alunos nas escolas municipais

Promotoria de Justiça da Infância e Juventude pediu esclarecimentos sobre protocolos de segurança, adesão às aulas remotas e...

Acordo milionário no TRT-15 beneficia 690 trabalhadores do aeroporto de Viracopos

Mediação terminou com o acerto de pagamento de R$ 20,3 milhões em processo por pagamento de adicional de...
- Advertisement -