quinta-feira, março 4, 2021

Governo federal já empenhou recursos para compra da CoronaVac

Apesar da guerra de bastidores em relação às vacinas do Butantan e da Fiocruz, o governo federal já empenhou os recursos para a compra das 46 milhões de doses da CoronaVac, informou uma fonte do instituto ao Radar Econômico. Contudo, o dinheiro não foi enviado ao Butantan, que é ligado ao governo do estado de São Paulo. As 46 milhões de doses da vacina, desenvolvida pelo instituto paulista em parceria com o laboratório chinês Sinovac, serão disponibilizadas até abril.

O Radar Econômico apurou que o governo paulista teme ter de entregar as doses, que representam um valor estimado de 2,5 bilhões de reais, sem a garantia do pagamento. O empenho do recurso significa que o governo federal separou o dinheiro, mas não que o pagamento será feito imediatamente. Isso poderia causar problemas financeiros ao estado.

Além disso, o governo paulista tenta negociar a posição do estado no Plano Nacional de Imunização. Nesta quarta-feira, 13, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que a vacinação começará por Manaus (AM), mas não deu detalhes sobre outras localidades.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Paulínia e Valinhos antecipam retorno à fase vermelha para conter avanço da Covid-19; veja restrição de circulação

Governo do estado colocou todas as regionais de saúde na fase mais restritiva...

Insumos para produção de 14 milhões de doses da CoronaVac chegam a SP

Chegou a São Paulo na manhã desta quinta-feira, 4, um lote com 8.200 litros de insumos para a produção de 14 milhões de doses...

Sanasa interrompe fornecimento de água em quatro bairros de Campinas nesta quinta

Obras acontecem das 8h às 17h. Recomendação é de que moradores façam a reserva antecipada. Sanasa interrompe...

Hortolândia antecipa fase vermelha e endurece restrição na circulação de pessoas entre 20h e 5h

Decreto publicado nesta quarta-feira permite abertura apenas de serviços essenciais durante o dia e, no período noturno, somente...

Com aumento de internações, Campinas enfrenta dificuldades para ampliar leitos de UTI Covid

Nº de internações pela doença nos sistemas público e particular cresceu 41% na metrópole entre janeiro e março...
- Advertisement -