quinta-feira, fevereiro 25, 2021

‘Há uma pequena possibilidade de a vacina agravar o quadro de Covid’

9 de dezembro, 7h45: Protocolo de vacina é igual bula de remédio. Tem de prever a mais remota e improvável reação adversa e alertar previamente os voluntários que, como eu, se dispõem a receber doses experimentais em busca de um imunizante contra a Covid-19. O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, um longo documento que detalha tudo que um leigo que quer ajudar a ciência precisa saber antes de tomar a aspirante à vacina, me revelou hoje algo de que não tinha a mais vaga ideia: “Há uma pequena possibilidade de a vacina agravar a sua doença caso você contraia a Covid-19”. Motivo para pânico? Nenhum.

Ressalvas como esta são feitas para que o voluntário que está se colocando à disposição de estudos clínicos nesta pandemia saiba todos os cenários possíveis e decida se quer ou não continuar a caminhada. A tal “pequena possibilidade” é justificada porque na história das pesquisas científicas há relatos de situações em que vacinados e depois infectados pelo organismo causador da doença tiveram o quadro agravado justamente porque tomaram o imunizante. Isso se chama doença potencializada pela vacina e foi detectado, por exemplo, em animais que faziam parte de testes contra outros tipos de coronavírus, como a SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e a MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio). Covid? Não. Pesquisas em seres humanos usando tecnologia semelhante produziram respostas que não estão associadas à doença potencializada pela vacina. Mas a ressalva está lá. É pior que bula de remédio.

10h40: Faz 22 dias que recebi no músculo do braço esquerdo a dose de um líquido não-identificado do estudo clínico em que o laboratório Janssen-Cilag busca uma vacina anti-Covid. Se Nossa Senhora do Algoritmo estiver do meu lado, o conteúdo da ampola é o imunizante experimental Ad26.COV2.S, um combinado de vírus atenuado da gripe com um pedacinho da coroa do coronavírus capaz de – espera-se – contribuir para o desenvolvimento de anticorpos que previnam ou diminuam a gravidade da Covid-19. Pode ser que, no sorteio, eu tenha caído no Grupo 2, o dos que receberam soro fisiológico. Imagino se ao final de dois anos de pesquisas clínicas eu não vou descobrir que tudo não passou de um placebo. É preciso certo desprendimento de espírito para ser voluntária.

14h26: O Instituto Brasil de Pesquisa Clínica (IBPClin) telefona para confirmar meu comparecimento na visita de segurança e imunologia, agendada para a próxima semana, quando será recolhida nova amostra de sangue para detectar se desenvolvi ou não anticorpos. Evidentemente que estarei lá – e ansiosíssima apesar de, nesses estudos de duplo-cego, nem eu nem a equipe médica sabermos se terei ou não apresentado defesas naturais. O material será levado para uma central nos Estados Unidos, que analisará informações colhidas de milhares de voluntários. Em breve será possível saber o percentual de eficácia do imunizante da Janssen. Esse aviso de possibilidade remota de doença potencializada pela vacina é só mais uma demonstração da seriedade com que as pesquisas devem ser conduzidas.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

SP: pessoas acima de 60 anos podem receber doses remanescentes de vacinas

Dada a escassez de imunizantes na atual campanha de imunização contra Covid-19, cada dose de imunizante é extremamente valorizada...

Unicamp lança aplicativo e site para explicar temas relacionados à saúde para adolescentes

Projeto foi desenvolvido por professores e alunos e busca abordar de forma simples problemas comuns enfrentados pelos jovens....

Campinas registra mais 21 mortes por Covid-19 e chega a 1.857; casos ultrapassam 69 mil

Dados divulgados pela prefeitura na tarde desta quinta (25) indicam mais 667 moradores infectados. Material de realização de...

Faculdade de Campinas promove palestra gratuita online sobre Alzheimer

Bate-papo com professores da área de saúde da instituição acontece nesta sexta-feira, às 17h30. A Faculdade Anhanguera...

Campinas tem 84,7% de UTIs Covid ocupadas e SUS municipal com vagas só para grávidas

Balanço aponta que 239 das 282 estruturas das redes pública e privada estão ocupadas; há 43 vagas exclusivas...
- Advertisement -