quinta-feira, março 4, 2021

Médico de Bolsonaro nega crítica à vacina para Covid-19, após áudio vazado

O cirurgião Antonio Luiz Macedo, do Vila Nova Star, em São Paulo, médico do presidente Jair Bolsonaro, negou ter criticado as vacinas em desenvolvimento para o novo coronavírus. A afirmação foi feita após áudio que viralizou em grupos de WhatsApp, no qual ele associa a morte de um voluntário brasileiro aos testes com o imunizante da Universidade de Oxford.

Macedo confirma ser ele o autor da gravação de 5 minutos e 15 segundos, mas diz ter sido mal interpretado. “Minha crítica é para a possibilidade de uso de qualquer vacina sem a autorização da Anvisa”, afirmou a VEJA.

No áudio, ele também alfineta indiretamente o governador de São Paulo, João Doria, ao criticar a obrigatoriedade da imunização, postura defendida por Doria. “Quem tem que dar aval é o médico porque ele, sim, se baseia nos órgãos regulatórios. Os políticos não devem interferir nisso”, disse a VEJA.

Em relação à associação da morte do brasileiro que participava da pesquisa com o imunizante, ele afirmou: “Não sou especialista no assunto, mas sei que os trabalhos têm de ser feitos com seriedade. Eu sei que ele faleceu com 28 anos de Covid-19”.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta quinta, 4 de março

Veja números de pessoas infectadas e de óbitos pela doença em cada cidade....

Colisão entre três carros fecha pista do Anel Viário Magalhães Teixeira entre Campinas e Valinhos

Veículos ficaram atravessados na pista e trânsito se agravou no local no início da manhã. Via ficou fechada...

Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 4 de março de 2021

Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o...

Paulínia e Valinhos antecipam retorno à fase vermelha para conter avanço da Covid-19; veja restrição de circulação

Governo do estado colocou todas as regionais de saúde na fase mais restritiva do Plano São Paulo nesta...

Insumos para produção de 14 milhões de doses da CoronaVac chegam a SP

Chegou a São Paulo na manhã desta quinta-feira, 4, um lote com 8.200 litros de insumos para a produção de 14 milhões de doses...
- Advertisement -