terça-feira, março 2, 2021

MPF no Amazonas cobra na Justiça atitude de Pazuello na crise do oxigênio

A Procuradoria da República no Amazonas vai acionar dentro de instantes a Justiça Federal para cobrar da União — leia-se Ministério da Saúde — pela falta de coordenação e planejamento para a crise do oxigênio vivenciada por Manaus.

A atual demanda por oxigênio na capital amazonense, segundo o Ministério Público Federal, é de 70 mil metros cúbicos, valor seis vezes maior do que o experimentado no pico da pandemia do coronavírus em 2020.

Na ação cautelar, o MPF faz ao todo sete pedidos para o governo federal, entre eles medidas de logística para o transporte de oxigênio até o estado, a transferência dos pacientes da capital amazonense para outros estados e a realocação do oxigênio gasoso, de mais fácil transporte, de outras unidades da federação.

Ultimas Notícias

Bolsonaro veta prazo de cinco dias para Anvisa aprovar vacinas

O presidente Jair Bolsonaro vetou nesta segunda-feira, 1º, para adequação à constitucionalidade e ao interesse público, o dispositivo que...

JBS abre 160 vagas para recém-formados em 38 cidades; veja lista

Relação de municípios inclui Amparo (SP), Jaguariúna (SP), Nova Veneza (SC), Brasília (DF) e Itapiringa (SC). Oportunidades são...

Hospital Sobrapar registra maior fila de espera por cirurgias de crânio e face em quatro décadas

Unidade sofre sobrecarga por conta da pandemia, já que outros centros estão dedicados ao enfrentamento da Covid-19; além...

Reclamações para Sanasa crescem 93,4% e valor da conta é principal motivo, diz levantamento

Em um ano, total de queixas recebidas por empresa responsável pelos serviços de água e saneamento em Campinas...

Participação e informação para evitar o colapso

A atual situação do Brasil na pandemia de Covid-19 em termos de contágio, mortes e saturação dos sistemas de saúde (público e privado) já...
- Advertisement -