sábado, maio 15, 2021

Multas a empresas farmacêuticas atingem R$ 221 milhões em 4 anos

Um balanço da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), ligada à Anvisa, mostra que nos últimos 4 anos as empresas que comercializam medicamentos acima dos valores permitidos já receberam multas de 221 milhões de reais.

Segundo a CMED, entre 2016 e 2020 foram aplicadas 570 decisões administrativas condenatórias a empresas que ofertaram e ou venderam medicamentos acima do valor máximo autorizado.

Os números mostram que a pandemia de coronavírus não diminuiu a voracidade de algumas  empresa ppor lucros cada vez maiores. Em 2021, até a data de de 9 de abril, foram proferidas 125 decisões administrativas condenatórias versando sobre ofertas e ou vendas por preço superior ao teto, com multas que somam 6,5 milhões de reais.

VEJA mostrou nas ultimas semanas que, entre as empresas multadas pela CMED estão a Janssen-Cilag, da Johnson & Johnson, que fabrica uma das vacinas contra Covid-19, e a Cristália, que pertence ao empresário Ogari de Castro Pacheco (DEM-TO), que é segundo suplente do líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Indaiatuba divulga atrações do 29° Maio Musical

Apresentações vão o último domingo (30) do mês. Pela segundo ano consecutivo, o...

Covid: homem se recusa a usar máscara e agride guardas em posto de vacinação de Campinas

De acordo com a corporação, agressor, que seria servidor de Sumaré (SP), estaria no local acompanhando a namorada...

Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 15 de maio de 2021

Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o...

Voluntários distribuem absorventes para mulheres carentes em bairros de Campinas

Ação organizada pelo coletivo Mulheres pela Justiça reuniu 30 pessoas e distribuiu 10 mil pacotes com os produtos...

Hospital Mário Gatti em Campinas tem surto de casos de Covid-19 em unidade cirúrgica

De acordo com um documento do Núcleo de Epidemiologia Hospitalar, ao menos seis pessoas testaram positivo para a...
- Advertisement -