domingo, fevereiro 28, 2021

Pazuello faz pronunciamento, mas Brasil segue sem data de vacinação

No breve pronunciamento que acabou de fazer, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou o plano de vacinação “gratuita”e “não obrigatória” para a população — que segue sem data para começar.

O ministro ainda falou sobre a assinatura de uma Medida Provisória por Jair Bolsonaro que dará ao governo a possibilidade de adotar medidas emergenciais relativas à vacina, como a compra de materiais e insumos.

Também coube a Pazuello explicar o porque de algumas vacinas, como a da Pfizer, não terem sido ainda compradas pelo Brasil, em uma série de argumentos jurídicos difíceis de compreender e de explicar.

E enquanto estados correm atrás de comprar suas próprias vacinas, pregou: “Brasil imunizado, somos uma só nação”.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Covid: Amazonas e Mato Grosso do Sul lideram aplicações de vacina no país

Os estados do Amazonas e do Mato Grosso do Sul são os que mais vacinaram contra Covid-19 no Brasil,...

Cidades da região de Campinas iniciam semana com 531 vagas de emprego abertas; veja lista

Interessados podem se candidatar a partir desta segunda-feira (1°). Em virtude da pandemia, a recomendação é para que...

Colisão entre carros deixa um ferido em Campinas

Acidente neste domingo (28) foi no cruzamento entre vias John Boyd Dunlop e Silvio Bacheti. Batida entre carros...

Discussão sobre instalação de lixeira termina com duas mortes e feridos em Artur Nogueira

Crime ocorreu na manhã deste domingo (28), em área rural da cidade. Confusão ocorreu após discussão sobre local...

‘Discurso negacionista é desserviço para saúde pública’, diz Rosa Weber

Na decisão que deu neste sábado determinando que o Ministério da Saúde volte a custear leitos de UTI para pacientes com covid-19 nos estados...
- Advertisement -