segunda-feira, março 8, 2021

Pfizer pode alterar vacina para que seja eficaz contra novas mutações

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse à Bloomberg nesta terça-feira, 26, que a farmacêutica pode modificar a composição atual da vacina contra a Covid-19 desenvolvida em parceria com a BioNTech para que ela seja eficaz contra novas cepas do coronavírus.

“Cada vez que surge uma nova variante, devemos ser capazes de testar se [nossa vacina] é eficaz ou não. […] Assim que descobrirmos que não é tão eficaz, seremos muito, muito rapidamente capazes de produzir uma dose de reforço que será uma pequena variação da vacina atual”., disse Bourla.

A declaração ocorre um dia após a Moderna informar que está desenvolvendo uma nova versão de sua vacina contra o coronavírus que poderá atuar com mais eficácia contra a variante sul-africana. Recentemente, três novas cepas do coronavírus foram identificadas, uma com origem na Inglaterra, outra na África do Sul e a terceira, no Brasil (em Manaus).

Todas carregam mutações na proteína spike, usada pelo coronavírus para invadir as células, e por isso se espalham mais facilmente. Por outro lado, ainda não existem evidências de que  sejam mais perigosas. No entanto, há preocupação sobre a eficácia das vacinas atuais contra essas e outras mutações que possam surgir, já que as vacinas atuam justamente nessa proteína.

Estudos preliminares indicam que as vacinas da Pfizer e da Moderna protegem contra as cepas inglesas e sul-africanas – ainda não há dados sobre a brasileira. Mas, no caso da vacina da Moderna, a eficácia contra a variante da África do Sul é cerca de seis vezes menor do que contra o coronavírus original, o que motivou a empresa a buscar uma versão melhor, que pode ser usada como reforço.

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Campinas e Valinhos registram carreatas pedindo volta às aulas presenciais na fase vermelha

Apesar de liberadas pelo governo estadual, atividades presenciais em escolas públicas e particulares...

Covid-19: Regional de Campinas atinge maior média móvel de novas internações em 7 meses

Dados da Fundação Seade mostram que índice registrado neste domingo (7) é 39,4% maior que o aferido 14...

Coletivo de Hortolândia apresenta festival online de música; veja programação

Apresentações serão realizadas nos dias 7, 14 e 21 de março. Público pode acompanhar a transmissão gratuitamente pelo...

Polícia pede prisão temporária de suspeito de matar companheira a facadas em Águas de Lindóia

Diego Paiva, de 23 anos, foi ouvido e liberado no sábado; SSP informa que autoridade policial aguarda decisão...

O ranking das vacinas mais usadas no mundo

Pouco mais de um ano após o início da pandemia de coronavírus, 261 vacinas contra a Covid-19 estão em desenvolvimento. Destas, 79 estão na...
- Advertisement -