sábado, fevereiro 27, 2021

Relação entre morte de idoso com vacina contra Covid-19 é descartada

O homem de 83 anos que tomou uma dose da vacina AstraZeneca/Oxford contra o coronavírus e morreu dois dias depois em Manaus não tem relação com o imunizante, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas.

A associação entre a vacina e a morte do idoso passou a circular nas redes sociais e foi notificada pela prefeitura da capital amazonense, que encaminhou a investigação para o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE).

O resultado da investigação foi divulgado nesta terça-feira pela Fundação de Vigilância em Saúde, responsável pelo monitoramento de doenças no Amazonas. 

De acordo com o órgão, o laudo de necropsia aponta que a causa da morte do idoso foi “infarto agudo do miocárdio. Portanto, o óbito foi descartado como ocorrência associada à vacina contra o novo coronavírus”.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Estiva Gerbi determina fechamento de serviços não essenciais neste fim de semana

Decreto foi publicado no Semanário Oficial desta sexta-feira (29). Estabelecimentos que descumprirem a...

Temporal alaga vias, inunda imóveis e derruba árvores em Campinas

Maior índice de chuvas foi registrado na Avenida Orosimbo Maia, com 46 milímetros até as 18h30, segundo a...

Vinhedo abre processo seletivo para 12 vagas temporárias para médicos; veja áreas de atuação

Oportunidades são para profissionais das áreas de clínico geral, pediatria e medicina de família. Vinhedo abriu processo seletivo...

'Se tiver vacina para comprar, vamos comprar', diz Dário ao sinalizar Campinas em consórcio

Prefeito diz que aquisição pode ser feita com repasses de ministério ou remanejamento interno. Metrópole inicia na segunda-feira...

Mogi Guaçu restringe circulação e fecha farmácias e mercados; cidade é 1ª da região a adotar medidas mais restritivas

Regras passam a valer na madrugada de terça-feira (2) e foram adotadas após aumento em casos, mortes e...
- Advertisement -