quinta-feira, março 4, 2021

Saiba como vai funcionar a vacinação de idosos em SP

O governo do estado de São Paulo explicou nesta quarta-feira, 3, como vai funcionar a vacinação de idosos, que começa na próxima segunda 8 para pessoas a partir de 90 anos. A previsão é a de que os idosos na faixa etária entre 85 e 89 anos comecem a ser imunizados no dia 15 de fevereiro. Ainda não há previsão para outras faixas etárias.

A estratégia de vacinação ficará a cargo dos municípios. “Cada município tem a capacidade de olhar para o seu território e fazer a estratégia que melhor for para sua população”, disse a coordenadora de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Regiane de Paula.

Na capital paulista, por exemplo, serão cinco postos de vacinação drive-thru, 468 unidades básicas de saúde (UBSs) espalhadas por todas as regiões da cidade e quatro centros escolas da secretaria municipal. Os idosos registrados no Programa de Saúde da Família serão imunizados em casa, segundo o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido.

A vacinação drive-thru irá ocorrer de segunda a sexta, das 8h às 17h, nos seguintes locais: em frente ao Estádio do Pacaembu, na Praça Charles Miller (zona oeste); na entrada principal da Arena Corinthians, em Itaquera (zona leste); em frente ao portão principal do Autódromo de Interlagos (zona sul), no Pavilhão de Exposições do Anhembi (zona norte), e na Igreja Boas Novas, na Vila Prudente (zona leste). Já a vacinação nas UBSs ocorre de segunda a sexta, das 7h às 19h.

Sobre as demais cidades, Regiane disse que “os 644 municípios também estão vendo estratégias para vacinação, sejam elas estratégias drive-thru, seja estratégia casa a casa, princialmente para os pacientes que estão acamados”. A coordenadora de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, ressaltou também a realização do pré-cadastro pelo site Vacina Já. O processo não é obrigatório, mas agiliza o atendimento e evita aglomerações.

Novas doses

Chegam a São Paulo, na noite desta quarta-feira, 3, os 5.400 litros de insumo farmacêutico ativo (IFA) para a produção de mais 8,6 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 do Instituto Butantan. Outra carga com 5.600 litros de IFA também chegará ao Brasil até o próximo dia 10, viabilizando a produção de mais 8,7 milhões de doses em São Paulo.

As novas cargas permitem que mais 17,3 milhões de doses sejam entregues a partir do final deste mês. De acordo com o Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, as doses deste lote serão entregues ao Ministério da Saúde a partir do dia 23 de fevereiro. A previsão de entrega é de 600.000 vacinas por dia.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Sanasa interrompe fornecimento de água em quatro bairros de Campinas nesta quinta

Obras acontecem das 8h às 17h. Recomendação é de que moradores façam a...

Hortolândia antecipa fase vermelha e endurece restrição na circulação de pessoas entre 20h e 5h

Decreto publicado nesta quarta-feira permite abertura apenas de serviços essenciais durante o dia e, no período noturno, somente...

Com aumento de internações, Campinas enfrenta dificuldades para ampliar leitos de UTI Covid

Nº de internações pela doença nos sistemas público e particular cresceu 41% na metrópole entre janeiro e março...

Caminhoneiro morre atropelado durante manifestação em rodovia de Paulínia, SP

Motorista de 40 anos participava de protesto na Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332). Caminhoneiro é atropelado e morto...

Vídeo flagra motociclista em movimento sendo atingido por galho em Campinas; assista

Acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (3), no Jardim Campos Elíseos. Vítima sofreu ferimentos leves, segundo testemunhas. ...
- Advertisement -