quarta-feira, maio 5, 2021

SP amplia vacinação para pessoas com síndrome de Down e transplantados

O estado de São Paulo ampliou a campanha de vacinação contra a Covid-19 para diversos grupos, incluindo pessoas com síndrome de Down, pacientes transplantados e renais em terapia, trabalhadores metroviários e ferroviários, além de motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 20, pelo governador João Doria, durante coletiva de imprensa.

Como acontece com os demais grupos, a ampliação da imunização ocorrerá de forma escalonada. A partir de 10 de maio a vacina estará liberada para pessoas de 18 a 59 anos com síndrome de Down, transplantadas imunossuprimidas e com doença renal em terapia. Este público é composto por 120.000 pessoas.

“Esse é um grupo prioritário das comorbidades, por isso nós decidimos abrir estas faixas etárias. Porque o programa nacional de imunização coloca como sendo um grupo prioritário dentro de todas as comorbidades”, explica a coordenadora geral do programa estadual de imunização, Regiane de Paula.

No dia seguinte, em 11 de maio, a imunização de trabalhadores metroviários e ferroviários, público composto por 170.000 pessoas, também está liberada. Já a vacinação de motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais começa em 18 de maio.

Regiane afirmou ainda que o governo está trabalhando para disponibilizar doses para cerca de 300.000 profissionais de saúde que ainda não receberam a vacina. “Também estamos trabalhando para que a gente possa enviar com agilidade a vacina para esses trabalhadores de saúde que porventura tenham ficado sem a vacina”, afirmou a coordenadora.

Vacinação de idosos

Doria anunciou ainda a antecipação da vacinação de idosos de 64 anos do dia 29 para 23 de abril. Vale lembrar que na quarta-feira, 21, começa a imunização de pessoas de 65 e 66 anos.

Outras faixas etárias que já foram incluídas na campanha são: idosos de 63 anos a partir de 29 de abril e pessoas de 60, 61 e 62 anos em 6 de maio.

O cumprimento deste cronograma depende da entrega das vacinas de Oxford-AstraZeneca pela Fiocruz. Embora não seja obrigatório, o governo de São Paulo incentiva a realização do pré-cadastro pelo portal Vacina Já ou pelo WhatsApp através do número (11) 95220-2923. O registro agiliza o tempo de atendimento em cerca de 90% e evita aglomerações.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Covid-19: Campinas abre agendamento da vacinação para maiores de 60 anos nesta quarta

Cadastro também estará disponível para trabalhadores de saúde a partir de 35 anos....

Covid: Campinas anuncia fim da fila de pacientes à espera por leitos de UTI e enfermaria

Desde que dados foram divulgados pela primeira vez, cidade registrou fila por vagas por 47 dias seguidos. Taxa...

Indaiatuba libera funcionamento do comércio até 22h na véspera do Dia das Mães

Medida é exclusiva para esta sexta (7) e sábado (8) e também se aplica a shoppings e galerias....

Vinhedo cadastra maiores de 60 anos para vacinação contra a Covid-19 e retoma aplicação de 2ª dose da CoronaVac

Cadastro deve ser feito pela internet e não garante o agendamento, já que as doses serão aplicadas conforme...

Campinas confirma mais 20 mortes por Covid-19 e totaliza 3.074; infectados são 94.291

Boletim desta quarta indica que novas vítimas são 15 homens e 5 mulheres. Levantamento indica mais 1.021 casos...
- Advertisement -