domingo, maio 9, 2021

Vacina chinesa: Principal etapa termina no Brasil

Os estudos com a vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, atingiram uma etapa importante no país. Os testes com os 9 mil voluntários foram concluídos. Não houve efeitos colaterais importantes e a produção de anticorpos foi positiva. O resultado, que deverá se anunciado até o fim desta semana, ratifica a segurança do produto.

Os trabalhos com a CoronaVac começaram no país em julho, com voluntários preferencialmente da área da saúde. Agora, na segunda etapa já aprovada pela Anvisa, serão incluídos mais 4 mil pessoas. Desta vez serão aceitos grupos com diferentes perfis, como aqueles já infectados e com idade acima de 60 anos.

Recentemente, duas pesquisas clínicas com outros imunizantes foram suspensos por problemas com a segurança: do laboratório Astrazeneca em parceria com a Universidade de Oxford e do grupo Johnson & Johnson.

Produzida pelo laboratório chines Sinovac, a CoronaVac é uma das vacinas mais promissoras para a Covid-19. Ela é inativada, ou seja, contém apenas fragmentos do vírus inativos.

 

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -