quarta-feira, março 3, 2021

Vacinação contra Covid-19 começa na quarta, às 10h, diz Pazuello

O Ministério da Saúde anunciou neste domingo, 17, que a vacinação contra a Covid-19 no Brasil terá início na quarta-feira, 20, às 10h. Para isso, a distribuição da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan com a Sinovac, começará a ser distribuída aos estados às 7h da segunda-feira, 18.

“Está dado o primeiro passo para o início da maior campanha de vacinação do mundo contra o coronavírus”, afirmou o ministro da Saúde , Eduardo Pazuello.

O anúncio foi feito logo após a aprovação do uso emergencial da CoronaVac e da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca pela Anvisa.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, ressaltou que a imunização começará simultaneamente em todo o Brasil e criticou a aplicação da primeira dose em São Paulo. Segundo Pazuello, a aplicação da vacina na enfermeira Mônica Calazans, está “em desacordo com a lei”.

“Poderíamos num ato simbólico ou numa jogada de marketing iniciar a primeira dose em uma pessoa, mas em respeito a todos os governadores, prefeitos e todos os brasileiros, o Ministério da Saúde não fará isso”, acrescentou o ministro.

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Trio é preso por porte ilegal com 12 armas sem registro em Campinas

Dois homens e uma mulher foram encaminhados para o 1º Distrito Policial da...

Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta quarta, 3 de março

Veja números de pessoas infectadas e de óbitos pela doença em cada cidade. Reprodução em 3D do modelo...

Covid-19: Campinas começa a vacinar 4 mil idosos com 77 a 79 anos

Prefeitura prevê imunização deste grupo em quatro centros de imunização até sexta, e abertura de novo local neste...

Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 3 de março de 2021

Veja a atualização em cada município da área de cobertura do G1. Confira as últimas notícias sobre o...

Fase vermelha em Campinas tem início nesta quarta: veja restrições e o que pode funcionar

Medidas mais restritiva do Plano SP é válida até 16 de março, e inclui a suspensão de atendimento...
- Advertisement -