domingo, março 7, 2021

Variante britânica é mais letal que coronavírus original, dizem cientistas

A variante do coronavírus que surgiu no Reino Unido é, provavelmente, mais letal do que a cepa que deu origem à pandemia. A constatação dos cientistas não mereceu um anúncio oficial e foi divulgada sem alarde em um site do governo britânico, na última sexta-feira, 12.

O risco maior de morte já havia sido aventado no mês passado. Agora, os cientistas embasam suas afirmações em diversos estudos que analisaram o vírus mutante conhecido como B.1.1.7. Assim que ele foi identificado, acreditava-se que teria mais capacidade de infecção, mas não de aumentar o número de internações e mortes. Os novos estudos provam o contrário.

“O quadro geral é de algo como um aumento de 40 a 60% no risco de hospitalização e de óbitos. Isso reforça as medidas políticas em vigor”, disse Neil Ferguson, epidemiologista e consultor científico do governo britânico. O Reino Unido voltou a restringir a convivência social, depois que a curva do número de casos se tornou ascendente no início do ano.

As razões para a maior letalidade da variante ainda estão sendo investigadas. Uma das hipóteses é uma carga viral mais elevada, o que dificultaria certos tipos de tratamento. “Há outras explicações para esse aumento da gravidade. Ele pode ser transmitido desproporcionalmente em ambientes com pessoas mais frágeis, como lares de idosos”, disse Muge Cevik, especialista em doenças infecciosas da Universidade de St. Andrews na Escócia e consultora científica do governo britânico, ao jornal The New York Times. 

A revelação serve de alerta pra outros países. Nos Estados Unidos estima-se que 35 a 40% dos novos casos de Covid-19 advém da nova variante britânica. Autoridades sanitárias americanas já se preparam para um novo surto em março. O B 1.1.7 já foi detectado em, pelo menos, 82 países.

(Com The New York Times)

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Motociclista morre após bater em carro na estrada da Rhodia, em Campinas

Samu constatou o óbito do homem de 42 anos no local; condutor do...

Nº de ocorrências na delegacia eletrônica sobe 47% na região de Campinas durante a pandemia

Dados da Secretaria de Segurança Pública mostram que foram 134 mil registros pela web, o que representa 34,3%...

Procura por teste de detecção de anticorpo aumenta 2.000%

Entre outubro de 2020 e fevereiro de 2021 houve um aumento de 2.000% na procura por testes de detecção de anticorpos neutralizantes contra o...

Fase vermelha: fiscalização multa dois estabelecimentos e interdita academia em Campinas

Operação ocorre na noite de sexta-feira (5) e visitou 17 comércios no Centro e Cambuí. Prefeitura diz que...

'Gatos' de energia em Piracicaba e Campinas abasteceria 27 hospitais durante um ano, diz companhia

Crescimento de fraudes na pandemia foi de 138,47% em Piracicaba, e de 14,7% em Campinas segundo CPFL. ...
- Advertisement -