terça-feira, novembro 30, 2021

O que você precisa saber sobre a uva Cabernet Sauvignon



Que os vinhos elaborados com a uva Cabernet Sauvignon são apreciados por todo o mundo você já sabe, mas você já ouviu a história dessa uva? Marco Antonio Carbonari, produtor e especialista em vinhos, nos contou um pouco mais sobre a popularidade dessa deliciosa fruta. Vem ver:

Marco Antonio Carbonari conta que um dos maiores diferenciais da fruta já se mostra na casca, que além de ser mais grossa que as demais uvas viníferas, possibilita que ela seja plantada nos mais diversos lugares do planeta, já que está protegida das variações climáticas. Marco Antonio Carbonari ressalta também, que a casca é rica em taninos, sendo esse um fator que afeta diretamente no resultado da bebida.

Marco Antonio Carbonari revela que, para evitar que os taninos presentes não interfiram negativamente na bebida, a uva deve ser colhida tardiamente, permitindo que amadureça e adquira um adocicado mais proeminente.

O terroir é um outro fator que influencia também, diretamente nas características da bebida, variando muito de uma região a outra, por exemplo, bebidas cultivadas em lugares quentes, produzem vinhos mais concentrados e alcoólicos, e nas regiões de clima frio, a bebida apresenta um aroma muito mais pontuado em frutas vermelhas e um corpo não tão robusto.

Alguns rótulos precisam de envelhecimento a fim de proporcionar o máximo de personalidade, Marco Antonio Carbonari nos diz que, se feito da maneira correta, o vinho pode ultrapassar 20 anos ou mais, ficando ainda melhor a cada década.

Marco Antonio Carbonari conta também que, no Brasil, a uva Cabernet Sauvignon é destaque junto com a Merlot, sendo assim, degustador ou não, você já deve ter se deliciado com um vinho elaborado a partir desta uva.

A Cabernet Sauvignon é muito utilizada em união de uvas distintas, sendo assim é uma casta que geralmente elabora assemblages. Assim, vinhos com álcool, coloração, acidez e aromas cada vez mais ricos e saborosos surgem a partir de tais misturas, se mostrando ainda melhor bem acompanhados de alimentos que causam harmonização.

Marco Antonio Carbonari diz que, para vinhos mais jovens, o ideal é um risoto de cogumelos com carne de porco e cordeiro, pois os taninos equilibram o prato gorduroso. E no caso dos vinhos envelhecidos, carnes assadas são a harmonização perfeita.

Para finalizar, Marco Antonio Carbonari ressalta que a uva é uma das mais importantes no mundo, já que é acessível e harmoniza bem. A vinícola Villa Santa Maria possui uma enorme variedade de vinhos elaborados dessa uva riquíssima, sendo assim o especialista os convida à uma visita. Agende pelo WhatsApp: (12) 9 9746-6298.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Ultimas Notícias

Como descobrir boas ofertas da Black Friday?

A Black Friday, em tradução para o portufues, sexta-feira preta, é um dia no ano que muitas pessoas aguardam...
- Advertisement -spot_img